Vivendo Experiências
Inglês Espanhol Alemão Francês

ico

Benchmarking Nova Zelândia: Nova Fronteira do Turismo Rural

 Benchmarking Nova Zelândia: Nova Fronteira do Turismo Rural Nova Zelândia que é um país insular no sudoeste do Oceano Pacífico formado por duas massas de terra principais e por numerosas ilhas menores, sendo as mais notáveis as ilhas Stewart e Chatham, é a nova Fronteira do Turismo Rural. Em uma expedição de 9 dias adentraremos por este universo distante, uma nova fronteira

 

DATAS (sujeitas a confirmaÇÃo)

Nova Zelândia: Nova Fronteira do Turismo Rural: 02/09/2017 a 11/09/2017
Nova Zelandia Rural: 02/09/2017 a 11/09/2017

TARIFA

Fale com o nosso atendimento (11)3032-7926 e info@brasilrural.tur.br

DURAÇÃO

10 dias

OUTRAS INFORMAÇÕES

Grupo mínimo 10 pessoas
NÃO INCLUI:
- bebidas e despesas de ordem pessoal.
- atividades extras
- bilhetes aéreos
- Alimentação além das descritas no roteiro.
Verificar tarifas aéreas com nossos atendentes

CANCELAMENTOS E DEVOLUÇÕES:
de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de Agosto de 1985, da Embratur
O valor em percentual a ser restituído será de:
- 90% até 31 dias do início da viagem;
- 80% de 21 a 30 dias do início da viagem;
- 0% a 80% a menos de 20 dias do início da viagem
*(BR)

Verificar Passaporte com validade de no mínimo seis meses antes do vencimento.

CANCELAMENTOS E DEVOLUÇÕES: de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de Agosto de 1985, da Embratur
O valor em percentual a ser restituído será de:
- 90% até 31 dias do início da viagem;
- 80% de 21 a 30 dias do início da viagem;
- 0% a 80% a menos de 20 dias do início da viagem
*(BR) Guia Especializado

Roteiros

Esta viagem dará aos participantes uma chance única de conhecer as melhores experiências de turismo rural na NOVA ZELANDIA (NZ) de norte a sul e se aprofundando na cultura dos povos e lugares que compõem essa nação. Atividades turísticas serão combinadas com visitas técnicas para providenciar uma fantástica mistura de “negócios e prazer”. Agricultura e horticultura são muito importantes na NZ, tanto no ponto de vista econômico quanto do social e o turismo rural apresenta-se como uma complementação Interessante. O cenário da NZ e suas paisagens em constante mudança proporcionam um estonteante plano de fundo para esse tour. Nós sabemos que a combinação de experiências e sensações irão deixar uma duradoura lembrança dessa nação do pacifico sul. Day 1 Auckland AM: Chegada ao aeroporto internacional de Auckland, NZ e um guia local irá nos encontrar e fazer um rápido tour pela cidade para familiarizar o grupo e visitar atrações como a Harbour Bridge, a ilha Rangutoo e Tamaki. Também passaremos pelo museu de Auckland e uma curta caminhada até o monte Eden e sua incrível vista de 360º que permite a observação de tanto a cidade quanto o mar da Tasmânia e o Pacífico PM: Um almoço de “Boas vindas da NZ” no restaurante Harbourside. Depois do almoço, aproveite um passeio de 90 minutos em um cruzeiro do Waitemata harbour, passeio que proporcionara uma perspectiva diferente do centro da cidade e do porto Glistening. Posteriormente check-in, seguido de um jantar no Hotel. Pernoite : Auckland Hotel AUCKLAND é carinhosamente chamada de a cidade das velas por possuir a maior concentração de iates por pessoa do mundo inteiro. Tendo sido construída em um estreito istmo entre dois portos- o Manukau e o Waitemama, acesso ao oceano para navegação, pescaria e natação é largamente disponível. Com 1.4M de habitantes, Auklanders são cerca de 32% da população neozelandesa. Com uma mistura étnica composta por 56% descendentes de Europeus, 10% Maori, 15% Insulares Pacíficos, 19% Asiáticos. Oportunidades de trabalho e educação atraíram muitos dos Insulares Pacíficos para a cidade nos últimos 40 anos e agora tem a maior população Polinésia de qualquer cidade global, mais recentemente muitos imigrantes asiáticos vieram se fixar em Auckland por questões de segurança, saúde e educação. Vindo principalmente da Índia, China, Hong Kong e Coreia do Sul, Auckland é regularmente classificada entre as top 5 cidades com melhor indicie de qualidade de vida ao redor do mundo. Day 2 Auckland to Rotorua AM: Café da Manhã no hotel e visita ao 470 NZ-Friesian, uma fazenda de 200 hectares de produção de laticínios em Karaka, ao sul de Auckland. Essa propriedade tem tanto partos de bezerros no verão e no outono, um galpão rotatório 50-baite, e é situada em uma produtiva região agrícola, com valores de terra muito elevados. Continuando ao sul em direção a Cambridge. Você poderá escolher onde almoçar nessa linda cidade ribeirinha. PM: Visite um produtor de kiwis verdes e amarelos em um pomar orgânico com vista para o Lago Karapiro. Fale com o proprietário sobre a gestão e comercialização deste importante fruto para a exportação. Depois de chegar a Rotorua e fazer o check-in no hotel, visite a Te Puia Whakarewarewa. Conheça os membros da tribo Maori local, Te Arawa, e veja a região de energia geotérmica com Geysers fumegantes e piscinas de lama fervente. Permaneça no mesmo local para uma noite cultural Maori, incluindo uma recepção formal, ao Marae - o ponto focal de uma aldeia Maori. Desfrute de uma introdução aos seus costumes, o artesanato e ao 'haka' - o desafio guerreiro que ficou famosa por os All Blacks - equipa nacional de rugby da Nova Zelândia. Para o jantar, experimente o ‘hangi’ - carne e vegetais tradicionalmente cozinhados. Chegada ao hotel por volta das 21h00.Rotorua hotel ROTORUA é uma cidade de 56.000 habitantes, às margens do lago de mesmo nome. Devido a ela ser um centro da cultura Maori e de estar em uma região ativa geotérmica, turismo tanto local quanto internacional é a atividade econômica mais importante. A cidade também serve a indústrias agrícola e de plantação florestal, significativa na região circundante. Dia 3 Rotorua a Christchurch AM Café da manhã no Hotel com saída para visitar propriedade Agrodome que proporciona um olhar informativo e divertido sobre a indústria de carneiros na NZ, incluindo uma demonstração de tosa formatada para ser apreciada por turistas que amam a vida ao ar livre. Visita a uma fazenda nas proximidades com vista para o Lago Rotorua. Reunir-se com a família de proprietários dessa fazenda de tosa, carne e laticínios e discutir os problemas ambientais em particular a qualidade das águas subterrâneas será uma das atividades técnicas que levarão a reflexões de como usar recursos naturais e preservação. Almoço na casa dos proprietários antes de partir para o aeroporto nas proximidades. PM: Ao chegarem, tour pela cidade antes da realização do checking-in no hotel. Você pode escolher onde jantar nessa noite. Christchurch hotel CHRISTCHURCH é a maior cidade da ilha sul, com uma população de 365,000. È situada na borda das planícies de Canterbury. A cidade manteve muito de sua tradição Inglesa que circundava sua criação, mas os terremotos de 2010-11, os mais fortes tremores ocorridos em uma área urbana, acabara por levar a demolição de muito da arquitetura gótica que marcava a personalidade da cidade. Dia 4 Christchurch & Região Akaroa . AM: Café da Manhã no hotel Viagem de ônibus para Akaroa, uma pequena vila costeira com influência francesa com almoço em restaurante a beira mar onde poderemos fazer uma avaliação dos primeiros momentos da viagem PM: Passeio por cruzeiro para ver a vida selvagem local, com a oportunidade de ver um estonteante senário, e observar variada vida selvagem da NZ, incluindo suas famosas focas e os mais raros e pequenos golfinhos do mundo- os golfinhos Hector. Retorno a Christchurch. E você pode escolher onde jantar. Hotel Christchurch Hotel Day 5 Christchurch to Twizel (BLD) l AM: Café da manha no hotel. Nas planícies de Canterbury visita a uma fazenda extremamente produtiva e irrigada, produzindo cereais, sementes e forragem para a indústria de laticínios. Almoço em um típico country village pub. PM: Visite outra propriedade leiteira sazonal de larga escala com 5.000 vacas, criadas ao ar livre e pastando a grama que hoje atende ao turismo de visitação ao agronegócio. Depois nossa viagem continua para o sul através do sopé até adentrar no país de Mackenzie - uma alta e seca região do interior de beleza austera, pontuada por grandes lagos alimentados por geleiras do água-azul. Alpes do Sul, incluindo o pico mais alto da Nova Zelândia Mt Cook Chegar ao hotel em Twizel. Jantar buffet no hotel esta noite. Twizel Hotel TWIZEL é uma pequena aldeia de cerca de 1.000 habitantes, situada na bacia do Mackenzie. Ela foi fundada no final dos anos 1960 para abrigar os trabalhadores da usina hidroelétrica Upper Waitaki. A população atingiu um pico de cerca de 6.000 na década de 1980, mas agora Twizel é um popular retiro de fim de semana, e como base para a utilização do rowing course nas proximidades, ski-camp, instalações de gliding, pesca de salmões e trutas, e a paisagem alpina. O clima de Twizel pe composto de verões quentes e secos e invernos amenos. Day 6 Twizel to Queenstown AM: Café da manhã no hotel e depois continuaremos indo para o sul na direção da região Otago. Depois de apenas alguns minutos de viagem visite uma fazenda de salmões construída num canal para uma discussão sobre esse negocio familiar, e experimentar um pouco de seu produto. Mais ao sul faça uma parada na pitoresca vila Omarama onde se pode tomar café e fazer compras. P M: Continuando para o sul, almoço em uma fazenda alpina (conhecida como estação) com a casa dos proprietários em anexo, um local deslumbrante com vista para o Lago Hawea. A propriedade é dedicada à exploração pecuária, a produção de carne e lã de ovelha, carne bovina, e cervos. Este negócio de agricultura diversificada também proporciona um "apoio de laticínios” no inverno. A alimentação invernal de vacas leiteiras antes dos partos de primavera. Caça de veados também ocorre na Estação. Mais ao sul, visitaremos uma adega no vale de Gibbston para uma degustação de seus vinhos - a região é conhecida por sua variedade pinot noir. A noite poderá escolher o local para jantar ou se preferir relaxar no hotel. Queenstown tem uma grande variedade de restaurantes para todos os gostos e orçamentos.Queenstown hotel QUEENSTOWN é cercada por montanhas majestosas, The Remarkables, proporcionando belas vistas em todas as direções, e está situado na margem do cristalino Lago Wakatipu, a área tem capturado corações e mentes desde o primeiro Maori veio a centenas de anos em busca de pounamu (greenstone) e o gigantesco pássaro Moa. Garimpeiros cieram em seguida em busca de ouro na década de 1860. 150 anos mais tarde Queenstown tem um centro compacto e cosmopolita, onde você encontrará uma região de cafés / bares animados e excelentes lojas. Agricultores, aventureiros, enólogos, os golfistas, esquiadores, cineastas, turistas e aqueles que procuram encontrar alguma tranquilidade alpina, foram atraídos a esta região revigorante e sua atmosfera única. . Day 7 Milford Sound scenic cruise AM: Saída do hotel de ônibus em direção a Milford Sound, lugar que Rudyard Kipling sugeriu ser a “oitava maravilha do mundo”, ao adentrar no coração dessa enorme Patrimônio Mundial. Chegando a Milford Sound pegue um cruzeiro adentrando o Sound, com altas montanhas em ambos os lados, matas virgens, e cachoeiras caído das altas falésias diretamente no mar. Com uma tacha de mais de 6m de chuva por ano, agua, tanto salgada quanto doce está em todos os cantos. O almoço estará embalado no cruzeiro. PM: Saída de Milford Sound com retorno para Queenstown. Você terá a opção de escolher onde jantar de noite. Day 8 Queenstown area (B-D) Café da manha no hotel. AM: Uma curta viagem até Arrowtown. Lá passeie pela rua principal e aprecie a sensação desta histórica e pitoresca aldeia mineira. Perto visite o local de nascimento do bungy jumping na Ponte Kawerau – com a oportunidade para todos os entusiastas de saltar 43m da ponte, se a adrenalina for o que buscarem! PM: A partir do final da manhã, o resto do dia é livre para explorar Queenstown e desfrutar algumas das muitas oportunidades disponíveis. Talvez um relaxante cruzeiro em um navio histórico através do Lake Wakatipu, ou um emocionante passeio através do Shotover Gorge em um jet-boat, aproveite a abundância de opções de compras, ou saborear a comida local e o vinho, sem falar dos esportes paraglide ou golfe, andar pelas muitas trilhas locais, ou simplesmente relaxar e absorver a atmosfera da cidade.No início da noite, todos se reúnem no hotel e fazem um passeio de teleférico, para um ultim “'Adeus a Nova Zelândia " e depois jantar acima de Queenstown no pico de Bob, desfrutando as vistas deslumbrantes sobre a cidade, os Remarkables e o Lago Wakatipu se alongando ao sul e oeste. Day 9 Queenstown to home destinations Café da manha no hotel. AM: Tempo livre para compras ou passeios de última hora. Depois pegar o transfer para o aeroporto de Queenstown para fazer a viagem de retorno para casa.

by GUEST